Eu sou Judas Iscariotes

O cara fala demais. Na verdade, fala demais porque sabe ainda mais. Não é essa uma questão de quantos elefantes incomodam tanta gente, mas de um escorpião filho da puta! Todo Escorpiano é um filho da puta essencial ao mundo dos vivos. Ou ele fode tudo à sua volta, dando ensejo a uma transformação radical, a um choque de Consciência para que as pessoas se movam (Move up, you suckers!); ou ele tira o sono e instila terror aos que se escondem por detrás de máscaras convenientes. Literalmente, não há lugar aonde não possa chegar e não se sabe de segredos totalmente seguros na presença dele.

Continuar lendo Eu sou Judas Iscariotes

Anúncios

Pressentindo os Ventos da mudança

Sabe quando parece estar tudo bem e alguém, lá no fundão da sala, diz que esse negócio vai dar merda? Pois é, esse alguém tem grandes chances de ser um nativo de Escorpião.

Esse pode ser também o caso quando todo mundo parece não conseguir resolver um problema, o sujeito vem, senta e diz para todos esperarem. Dez minutos depois, ele se levanta e, de pronto, dá uma ideia. Tudo dá certo, quase que por mágica.

Muitas vezes, aquela pessoa é acusada de ser um pessimista, portador de olho gordo, que tem o pé frio e o dedo podre, ou diz-se que ela apenas tem mais sorte do que juízo. Indivíduos em volta dela reconhecem sua estrela, mas a maioria olha para ele com desconfiança, já que ele prefere não ficar no centro do picadeiro. Faz o que tem de fazer e volta ao seu lugar de costume.

Continuar lendo Pressentindo os Ventos da mudança

A garota surtou

Tá surtando? Tá pensando que tá no palco? Eu te ensino o caminho do hospício ou do seu quarto, aquele chiqueiro, que você não arruma desde a Páscoa.

Onde está a Fantasia?

Repostado de: Skorpionik (Tumblr).

***

A exaltação pela fantasia deve-se à noção de que esta é inatingível. É como a “Filosofia” de Sócrates, o “Amor pela Sabedoria”. Este Amor só existe enquanto há um objeto desejado a perseguir.

Continuar lendo Onde está a Fantasia?

O Tempo não para!

O tom incisivo, ácido e revelador da letra nos abre a cena em que um nativo de Escorpiano joga em riste de seus vis oponentes sua própria indignação misturada a um triunfalismo de quem conhece os ciclos da Vida e sabe que o “porrete que bate em Chico, bate em Francisco”.

Continuar lendo O Tempo não para!

O início e o fim de tudo / Dois votos

Somos a Barca,
O Barqueiro
E seu Passageiro.
Vemos nascer,
Crescer e morrer
O Ano inteiro.

***

Que a adaga fria,
Em nossas mãos,
Seja o bisturi que extirpa
A apatia em nossos irmãos!
Se é urgente
Sermos humanos,
Que o sejamos até o fim,
Até o crepúsculo dos anos.

( © Ebrael Shaddai, 2015. Todos os direitos reservados.)